• INSTITUTO FLÁVIO LUCE

PORTO ALEGRE INTEGRA PESQUISA NACIONAL PARA MAPEAR CONDIÇÕES DE SAÚDE BUCAL


Cristine Rochol – PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE

Texto: Vanessa Conte

Edição: Andrea Brasi

Monitoramento é proposto pelo Ministério da Saúde e mapeia as condições dentárias da população

A capital gaúcha aderiu ao SB Brasil 2020, maior estudo do país sobre as condições de saúde bucal dos brasileiros. O levantamento epidemiológico é proposto pelo Ministério da Saúde e mapeia as condições dentárias da população. Durante a semana, terá início a fase da coleta de dados, quando as equipes da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) irão percorrer as regiões sorteadas para fazer um levantamento de quantos domicílios e pessoas poderão integrar a pesquisa, conforme as faixas etárias solicitadas.

Porto Alegre contará com 22 equipes da Atenção Primária à Saúde, cada uma com três profissionais, que realizarão 1,4 mil exames em 67 setores censitários nas regiões Norte, Sul, Leste e Oeste. As equipes são compostas por agentes comunitários de saúde, técnicos de enfermagem, auxiliares de saúde bucal e cirurgiões-dentistas, que estarão identificados com coletes do SB Brasil 2020 e crachás da prefeitura.

Nos meses de maio e junho, estão previstos exames e entrevistas nos domicílios previamente sorteados, com a participação de crianças, adolescentes, adultos e idosos, nas idades de 5 a 12 anos e nos grupos etários de 15 a 19 anos, 35 a 44 anos e 65 a 74 anos. “Para compreendermos melhor a condição de saúde da população, além do exame bucal realizaremos algumas perguntas aos participantes”, explica a coordenadora de Saúde Bucal da Atenção Primária da Capital, Monica Hermann.

Os participantes responderão a questões sobre condição socioeconômica, acesso e utilização de serviços odontológicos, dor dentária e orofacial, autopercepção e impacto da saúde bucal. Durante a pesquisa, serão identificadas as doenças mais prevalentes, como a cárie dentária, doenças periodontais, necessidade de próteses dentárias, condições da oclusão, traumatismos e impacto das condições de saúde bucal na qualidade de vida, entre outros aspectos.

O objetivo do SB Brasil 2020 é proporcionar à gestão do Sistema Único de Saúde (SUS) informações para o planejamento de políticas e programas de promoção, prevenção e assistência em saúde bucal nas esferas nacional, estadual e municipal. Este é o quinto levantamento epidemiológico feito no país. Os outros quatro grandes levantamentos nacionais ocorreram em 1986, 1996, 2003 e 2010.







3 visualizações0 comentário